Alone :)
1 2 3 4 5 »
"O meu pai me contava que a primeira vez que a pessoa se apaixona muda a vida dela para sempre, e por mais que você tente, o sentimento nunca desaparece. Essa garota de quem você me falou foi o seu primeiro amor. E não importa o que você faça, ela vai ficar com você para sempre."

Nicholas Sparks.    (via relevou)

"Cada pessoa, em sua existência, pode ter duas atitudes: construir ou plantar. Os construtores podem demorar anos em suas tarefas, mas um dia terminam aquilo que estavam fazendo. Então pararam, e ficam limitados por suas próprias paredes. A vida perde o sentido quando a construção acaba. Mas existem os que plantam. Estes às vezes sofrem com tempestades, as estações, e raramente descansam. Mas, ao contrário de um edifício, o jardim jamais pára de crescer. E, ao mesmo tempo que exige a atenção do jardineiro, também permite que, para ele, a vida seja uma grande aventura. Os jardineiros se reconhecerão entre si - porque sabem que na história de cada planta está o crescimento de toda a Terra."

Paulo Coelho.  (via superiorador)

"Vontade de chorar, de ir embora, para que sintam falta. Vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço"

Caio Fernando Abreu  (via relevou)

"Eu ia dizer que sinto sua falta, mas você não merece saber."

Geovane Pereira (poetasolitari0)

"Preciso de alguém que permaneça. Que fique. Que aguente. Isso, amor… Que aguente a minha intensidade, que pule dos mais altos prédios comigo. Alguém que segure minha mão durante a queda, e no final do abismo, continue junto a mim."

Bernadete Guedes.   (via relevou)

"Quero me desculpar comigo, mas não sei exatamente qual o erro que cometi."

Gabito Nunes.    (via nublei)

"Eu e a minha mania de achar que os outros fariam por mim, aquilo que eu faria por eles."

Anderson Possmoser .   (via relevou)

"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."

Clarice Lispector.   (via doistonsdeamor)

"morto ou vivo
carrego o maleficio
de andar sem querer
de ser, de permanecer"

Elisa Bartlett (via ironias-diarias)